Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os meus Sonhos e Desejos de Vida!

Qual o meu Propósito e Contributo neste mundo 🌎? Quero Partilhar a minha caminhada nesta procura e no meio desejando alcançar os meus Sonhos! Quero Olhar para trás e ver que dei o melhor de mim! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏🌍

Os meus Sonhos e Desejos de Vida!

Qual o meu Propósito e Contributo neste mundo 🌎? Quero Partilhar a minha caminhada nesta procura e no meio desejando alcançar os meus Sonhos! Quero Olhar para trás e ver que dei o melhor de mim! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏🌍

O Meu Livro - Mensagens 💬 de Esperança e de Acordar... Afirmações Positivas - Semana 14

04.04.21 | solua

*Semana 14 de 2021*

Dia 05 - Consciencia

Tornar-se consciente é o aior presente que alguem pode dar à humaninade - David Hawkins

--/--

Dia 06 - Corpo vs Espirito

O Corpo é o reflexo do espirito... 

--/--    

Dia 07 - Sabedoria Tradicional

Não temos que receiar o Mal nem de o combater

mas evitá-lo.

--/--

Dia 08 - Razão

A Razão é o espelho da caixa da vaidade da Mente.

--/--

Dia 09 - Amor

Quando mais se ama,

Mais se pode Amar!

--/--

Dia 10 - Medo vs Sonhos

Uma cabeça cheia de Medos

Não tem espaços para Sonhos.

--/--

Dia 11 - Vida

A expectativa da Vida há-de correr bem,

Se souber tirar partido das Adversidades!

B6D51DE3-F97E-4A00-A565-ACE31FFF30F3_1_201_a.jpeg

(Imagem da minha autoria)

Feliz Semana! 

Ser melhor - Hábito 2.1 - 🔹Mente (Aprender) - Crescimento e Desenvolvimento Pessoal - Ler 📖 - Sentir & Saber - A caminho da consciência

02.04.21 | solua

Na sua rotina diária, tire 10 a 15 minutos por dia, de manhã ou à noite, tente ter como objetivo de ler 10 a 15 paginas por dia;

O meu objetivo passa de ler 1 para 2 livros 📖 por mês, em 2021!

Esta semana terminei de Ler o livro Sentir & Saber - A caminho da consciência de António Damásio.

Mais outra perspetiva sobre a consciência, Mente, Sentimentos... adoro quando tentamos explicarpor vezes o inexplicável... nós Seres Humanos queremos Saber tudo e no fundo, não sabemos nada...

Deixo aqui duas perspetivas deste livro:

Neste livro apresenta, de uma forma concisa e transparente, os aparentemente sinuosos caminhos onde problemas científicos e filosóficos se cruzam. Através de quatro capítulos e um epílogo reflexivo, o neurocientista vai apresentando soluções e respostas para os mistérios por detrás da consciência, numa viagem organizada que começa no “Ser” (capítulo I) e que segue caminho no “Representar” (capítulo II), “Sentir” (capítulo III) e “Saber” (capítulo IV).

O autor começa por afirmar que, ao contrário da conhecida passagem bíblica, “No início não foi o verbo”. A evolução da vida deu-se na ausência de palavras, pensamentos, sentimentos e consciência, mas a inteligência esteve sempre presente. As bactérias – primeiras formas de vida – não possuíam (nem possuem) cérebro nem consciência, mas são dotadas de uma inteligência não explícita que as permite detetar o mundo exterior e ajustar o seu funcionamento de acordo com essa informação e com as suas necessidades.

Contudo, entre bactérias e seres humanos distam milhares de milhões de anos e um grande processo evolutivo. É apenas com a entrada do sistema nervoso na equação que começa a verdadeira (r)evolução da vida. Este surge e abre portas ao aparecimento de sentimentos, da mente e de consciência, acrescentando bem-estar ao objetivo inicial de sobreviver e dotando-nos de um outro tipo de inteligência – a explícita/aberta – a qual usamos a par da não explícita conforme a dimensão dos problemas e das exigências diárias.

O segredo do sistema nervoso parece estar no tipo de comunicação que permite entre o corpo e o cérebro, a qual é expressa na forma de sentimentos – “barómetros do estado interior dos organismos” e “pedra base da consciência”.

“Sentimos porque a mente é consciente, e somos conscientes porque os sentimentos existem!” (página 158)

Mas ter mente não é sinónimo de se ser consciente. Apesar de precisarmos de uma mente para sermos conscientes, podemos ter mente sem o estarmos. A consciência, em si, parece ser um estado particular no qual a mente está na posse de conhecimentos que nos identificam como proprietários dessa mesma mente, dos sentimentos e acontecimentos, que nos permitem ter perceção de nós próprios.

Assim, a consciência trouxe uma preocupação acrescida com a sobrevivência, impulsionando uma melhor gestão e satisfação das necessidades dos organismos. Deu-nos a provar o prazer, mas também nos tornou expostos à dor e ao sofrimento e, com isto, levou-nos a criar formas de promover sentimentos positivos e contrariar os negativos.

“Somos marionetes nas mãos da dor e do prazer, ocasionalmente libertados pela nossa criatividade.” (página 169)

Mais do que esclarecer conceitos como a emoção, sentimento, mente e consciência, este livro destaca a importância dos sentimentos como dispositivos informativos, coloca-os no caminho da inteligência artificial e questiona a luta (talvez desnecessária) que criámos entre o sentimento e a razão. É um livro que repensa o homem e a posição que o mesmo conquistou enquanto espécie com uma mente consciente, mas que falha em reconhecer a sua dependência na inteligência inconsciente (ou não) das outras espécies.

“Devemos respeitar a inteligência, fenomenal e ainda incompreendida, da natureza.”

“Poderá ser útil identificar prioridades e reconhecer a interdependência à medida que lidamos com a devastação que os seres humanos infligiram à terra e à sua vida (…).”         (página 268)

“Celebremos a riqueza e a confusão com que fomos dotados”. O caminho da consciência continuará em constante (des)construção!

Fonte

--/--

Sinopse

De um dos mais eminentes neurocientistas a nível mundial, autor dos bestsellers O Erro de Descartes e A Estranha Ordem das Coisas, um novo, sucinto e luminoso livro, totalmente dedicado à investigação do fenómeno da consciência.

Nas últimas décadas, numerosos filósofos e cientistas cognitivos têm debatido a consciência como se fosse uma questão à parte, dando-lhe um estatuto especial, o de problema único, não apenas difícil de investigar mas insolúvel. Porém, António Damásio está convencido de que as mais recentes descobertas da Neurobiologia, da Psicologia e da Inteligência Artificial nos facultam as ferramentas necessárias para solucionar este mistério. 

Em 48 breves capítulos, o autor ajuda-nos a compreender a relação entre a consciência e a mente; porque estar consciente não é o mesmo que estar acordado e não precisa de mente; o papel fundamental dos sentimentos; e a relação entre o cérebro biológico e o desenvolvimento da consciência.

António Damásio não realiza apenas uma síntese entre as descobertas de várias ciências e as perspetivas da filosofia: apresenta a sua própria e original investigação, que tem transformado o entendimento do cérebro e do comportamento humanos.

«A pergunta seguinte diz diretamente respeito à consciência: como é que o cérebro constrói experiências mentais que associamos inequivocamente a nós próprios? Sobretudo na última década, vários investigadores destacados têm aventado respostas a esta questão mas nenhuma delas foi considerada plenamente satisfatória. Espero que as soluções adiantadas no presente livro nos aproximem de uma resposta adequada e que sejam entendidas como um Manifesto sobre o Problema da Consciência.»

António Damásio

 

Sabemos que existe, a consciencia, que vai alem da mente e do nosso corpo. Essa consciencia nos permite sobreviver e a viver melhor, tenho a certeza. Este livro é uma perspetiva diferente baseada na ciência e na opinião do autor o que é a Consciencia? Emoção, Sentimentos, Razão, Corpo, Mente...

antonio_damasio_a_mente_e_um_filme_sobre_o_que_se_

(Imagem retirada da da internet)

--/--

Livros que estou a Ler:

Mês 2, 3, 4 -  9 - Uma tribo de Mentores - Timothy Ferris (Livro) 

Mês 4 - 10 - Reencontra-te - Todos nós precisamos de os perder para nos voltarmos a encontrar - Gustavo Santos (Livro) - Oferta do meu Marido

Livros que terminei de ler em 2021:

Mês 1 - 1 - As Manhãs Milagrosas de Hal Elrod (Livro) e 2 - Hábitos Atómicos - James Clear (eBook) 

Mês 1 - 3 - A Força de Viver - Robin Sharma (Livro)

Mês 2 - 4 - Deixa Ir - David Hawkins (eBook), 5 - Segredos da mente milionária - T. Harv Eker

Mês 3 - 6 - Meditações - O mundo é o reflexo do homem que o vê - Marco Aurélio (eBook),

Mês 3 - 7 - Poder Versus Força - David Hawkins (eBook)

Mês 3 - 8  - Sentir & Saber - A caminho da consciência - António Damásio (Livro)  - Oferta do meu Marido

Livros que tenho e por ler:

11 - Tu és aquilo que pensas - James Allen (eBook)

12 - Fora do Labirinto - Dr. Spencer Jonhoson (eBook)

13 - Primeiro Pergunte Porque - Como os grandes líderes nos inspiram a fazer sempre melhor de Simon Sinek (eBook)

Mais Livros que pretendo ler em 2021:

  1. Pai Rico, Pai Pobre - Robert Kiyosaki; 
  2. Rápido e Devagar: Duas Formas de Pensar, de Daniel Kahneman;
  3. A Coragem de Ser Imperfeito, de Brené Brown;
  4. Em Busca de Sentido, de Viktor Frankl;
  5. A arte da guerra - Sun Tzu;
  6. O poder do agora - Eckhart Tolle
  7. O longo caminho para a liberdade – Nelson Mandela;
  8.  Uma terra prometida - Barack Obama
  9. O Sucesso é para si - David Hawkins

Faltam escolher mais 2 livros para o objetivo do ano 2021, aceito Sugestões!

Pág. 2/2