Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os meus Sonhos e Desejos de Vida!

Qual o meu Propósito e Contributo neste mundo 🌎? Quero Partilhar a minha caminhada nesta procura e no meio desejando alcançar os meus Sonhos! Quero Olhar para trás e ver que dei o melhor de mim! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏🌍

Os meus Sonhos e Desejos de Vida!

Qual o meu Propósito e Contributo neste mundo 🌎? Quero Partilhar a minha caminhada nesta procura e no meio desejando alcançar os meus Sonhos! Quero Olhar para trás e ver que dei o melhor de mim! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏🌍

Help/Ajuda - Quando o seu corpo lhe diz: Estou a chegar ao limite?

13.03.20 | solua

Já há algum tempo que tenho sinais de que estou a chegar ao limite das minhas forças e sinto-me triste porque não consigo ser forte por muito mais tempo e não estou aguentar todas as exigências da minha vida.

Sei que que este estado é uma resposta ao stress provocado pela sobrecarga de trabalho e sentimos que estão a exigir demasiado de nós e não estamos a conseguir dar resposta, ou pela existência de conflitos pessoais no trabalho. Aparece como resultado de uma entrega constante e até mesmo excessiva, seja no trabalho, para outros, para um projeto que nos excita, mas também nos consome, aos problemas quotidianos, às tarefas diárias. 

Ao mesmo tempo, não recebemos praticamente nada em troca que possa equilibrar o saldo.
Não podemos descansar e relaxar o suficiente, não passamos tempo de qualidade sozinhos e não recebemos atenção, carinho e compreensão suficientes das pessoas que nos rodeiam.
 
Na prática, é como se extraíssemos toda a energia do nosso emocional, mas não nos preocupamos em repô-la.
 
Sei que o stress crónico pode prejudicar-nos seriamente e se não fizer algo, estou a por em risco a minha vida.
 
Situações que nos fazem chegar ao limite:
  • Empregos de alta pressão e responsabilidade;
  • Trabalhar longas horas ou trabalhar num emprego que não gostamos;
  • Ter um bebé e educar os filhos;
  • Dificuldades financeiras;
  • Ser cuidador de um ente querido;
  • Processos de divórcio prolongados;
  • Morte de um familiar ou amigo;
  • Ter uma doença crónica ou lesão;
  • Conflitos constantes com vizinhos, colegas ou familiares;
  • Chefias demasiado controladoras;
  • Relacionamentos instáveis.
E por que razão nós chegamos a esse limite:
 

– Perfecionismo - Os perfecionistas, que exigem muito de si mesmos, acabam adicionando um peso extra nos ombros que, a longo prazo, representa mais stresse

– Dificuldade para delegar - As pessoas que querem assumir todas as tarefas, porque acreditam que os outros não sabem como fazê-las ou não estão à altura, são mais propensas a sofrer o esgotamento emocional devido a um excesso de responsabilidades.

– Sensibilidade extrema - As pessoas que são muito empáticas e hipersensíveis são mais propensas a sofrer de um esgotamento emocional porque muitas vezes assumem os problemas dos outros como seus, sem poder estabelecer uma distância psicológica de proteção.

– Incapacidade de relaxar - Algumas pessoas, devido às características do sistema nervoso, acham mais difícil relaxar e se desconectar do que outros. É como se o seu cérebro tivesse a funcionar a 1000 rotações por minuto.

Como Eliminar o elemento de Stress:

Se o ambiente de trabalho é a causa do esgotamento emocional, considera-se a possibilidade de mudar de emprego ou de empresa. Se o gerente ou chefe estiver a provocar o stress, pode-se considerar a transferência para um novo departamento.

 O que está nas suas mãos para ajudar a superar esta fase:
 
8204494_x720.jpg
 
Uma das formas de aumentar a concentração de serotonina na corrente sanguínea é consumindo alimentos ricos em triptofano, praticar exercícios físicos com regularidade e em casos mais severos, tomar remédios.

1º Comer saudavelmente

Comer saudável significa escolher uma dieta equilibrada, rica em frutas, vegetais, grãos integrais e carnes magras, evitando lanches açucarados e alimentos fritos ou processados.

Beber água

  • Chocolate preto;
  • Vinho tinto;
  • Banana;
  • Abacaxi;
  • Tomate;
  • Carnes magras;
  • Leite e seus derivados;
  • Cereais integrais;
  • Nozes ou castanha do Brasil.

Alimentos como estes devem ser consumidos diariamente, em pequenas porções, várias vezes ao dia. Um bom exemplo disso é tomar uma vitamina de banana com Nozes e um quadrado de chocolate preto, no café da manhã, comer um peito de frango grelhado com salada de tomate, no almoço, e tomar 1 taça de vinho tinto, após o jantar.

Exercício

Qualquer tipo de atividade física aumenta os níveis de endorfinas e serotonina. 

Limite de álcool

O álcool pode aumentar, temporariamente, o humor, mas o sentimento vai rapidamente desaparecer, aumentando os níveis de ansiedade e tristeza, interferindo com o sono.

Dormir o suficiente

O sono é absolutamente crucial para a saúde emocional, pelo que deveremos planear o mesmo horário de adormecer e acordar, de forma a descansarmos cerca de 8h a 9h diárias. Desenvolver uma rotina na hora de dormir pode ajudar a relaxar e garantir um sono de melhor qualidade. Limitar a cafeína também pode ter um impacto positivo no horário de sono.

Relacionar-se com um amigo de confiança

Falar presencialmente com um amigo é uma ótima maneira de aliviar o stress. A pessoa que escuta não precisa necessariamente resolver os nossos problemas, apenas precisa ser bom ouvinte.

Dar um tempo

Ter tempo individual para realizar tarefas que consideramos importantes para nós ou até o não fazer nada, mas ter tempo para encontramo-nos a nós próprios. Ler, Escrever, Diário de Gratidão.

Consulte um psicólogo

Além de fazer mudanças no estilo de vida, é importante procurar ajuda profissional para tratar o esgotamento emocional. Um psicólogo pode fornecer as ferramentas necessárias para trabalhar durante um período de stress.

 

Todos nós devemos encontrar o seu próprio remédio para o esgotamento emocional, primeiro devemos detetar o que está a consumir a nossa energia e enfrentar esse problema, talvez numa perspetiva diferente.

 

Às vezes, uma mudança de perspetiva é suficiente para mudar tudo, sem que nada mude!
 

serotonina.png